Logo_novo_rapgol_site
Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Andre 3000 Revela Detalhes Sobre a Criação de “Int’l Players Anthem” e a Reação de Pimp C

Título com Cor Branca

Contribua com o jornalismo independente

Botão com Dimensões

Andre 3000 tem inúmeros versos clássicos em sua carreira, mas sua participação em “Int’l Players Anthem” é uma das mais celebradas. Citável, excêntrico e acontecendo antes da batida principal entrar, o verso de Andre se distingue dos outros rappers na música, como Big Boi e UGK. Apesar do amor que a música e o verso recebem hoje, Pimp C não ficou nada feliz quando os ouviu pela primeira vez. As características que o tornam único foram as mesmas que irritaram o rapper do UGK.

Durante sua recente aparição no programa The Shop, Andre 3000 compartilhou essa história. Ele contou como foi fazer a música e sua escolha nada ortodoxa de remover a batida do verso. “Pimp ficou tão bravo comigo”, Andre 3000 lembrou. “Eles mandaram a batida, eu escrevi meu verso, coloquei minhas palavras e tirei a batida para fazer o rap.” Pimp C não ficou desapontado com os versos, mas sentiu que a música tinha sido alterada sem sua permissão. “Pimp ficou tipo, ‘Fda-se esse filho da pta, cara! Esse cara tirou minha batida’. Quem diabos ele pensa que é?!’ Ele ficou realmente bravo com a escolha que eu fiz de tirar a batida.”

Felizmente, as cabeças mais frias prevaleceram. Andre 3000 disse no programa que outros defenderam a ideia de manter o verso do jeito que estava. “Não sei se foi Bun [B] ou alguém”, o rapper lembrou. “Eles estavam tipo, ‘Nah, mas você não entende, quando essa batida cai, isso dispara.’ Então é quase como uma armação. Então funcionou, e quando ele entendeu isso, ele estava tipo, ‘Ok, ok.'” A aposta valeu a pena. “Int’l Players Anthem” atingiu o pico na posição 70 na Billboard Hot 100. Foi a primeira e única entrada do UGK nas paradas, e continua sendo seu single de maior sucesso.

Embora o episódio de The Shop marque a primeira vez que Andre 3000 compartilhou a história de Pimp C, uma anedota semelhante foi compartilhada por A&R Jeff Sledge durante uma aparição em 2016 no podcast A Waste of Time. Na versão de Sledge, foi ele, e não Bun B, que pediu a Pimp C para manter o verso de Andre sem a batida. “Vamos arrasar assim”, o A&R lembra de ter dito. “Porque quando Andre faz acapella e então quando a batida cai, é quando seu verso cai. E então seu verso vai levantar o disco porque agora a batida está arrasando e seu verso está bombando.” Quem quer que tenha feito a ligação, somos gratos.

foto perfil criaa

Criaa da Zona Oeste do RJ.
Comunicador, fotógrafo, colecionador de camisas de times e camisa 8 no time da pelada.
Trabalhando com notícias e informações desde 2002.

Caso voce tenha perdido

Rapgol Magazine - 2024, todos os direitos reservados por R4PRESS AN