Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Tentativa de fraude no Jogo do Flamengo teve quase R$ 1 milhão pagos no PIX

Título com Cor Branca

Contribua com o jornalismo independente

Botão com Dimensões

O Jogo do Flamengo e Avaí no Maracanã, em novembro de 2022 entrou na mira das investigações.

A suspeita surge através de mensagens obtidas no celular de Romário Hugo dos Santos, um dos apostadores presos em março, na segunda fase da Penalidade Máxima. Na conversa com a namorada, identificada como Beatriz, o apostador conta que diz que irá ao Rio e afirma que a operação seria “tomar cinco gols”. A partida, na última rodada do Brasileirão de 2022, terminou em 2 a 1 para o Avaí, que balançou as redes três vezes — de cabeça, o zagueiro Wellington abriu o placar para o rubro-negro ao empurrar contra a própria meta. No segundo tempo, Marcio Antonio e Lipe viraram a partida a favor dos visitantes.

Na conversa, Romário encaminha uma mensagem que cita “dois zagueiros e um goleiro” e contém a instrução de “encontrar Marlon (meu fechamento) junto aos jogadores”, e Beatriz responde enviando uma passagem aérea para o Rio de Janeiro. Um dos objetivos da terceira fase da operação é aprofundar a investigação sobre o homem citado como “fechamento”. Os promotores do MPGO descobriram que “Marlon” é um ex-jogador de futebol que passou a aliciar ex-colegas para o esquema.

penalida

“Operação Avaí x Flamengo – tomar cinco gols, R$ 800 mil adiantados no Pix, na hora! Encontrar Marlon (meu fechamento) junto aos jogadores, no HOTEL HILTON COPACABANA às 7:00 da manhã!”

Em todas as fases da Operação Máxima, o MPGO oferece denúncia ao grupo de apostadores e os jogadores aliciados por eles, mas os clubes e as empresas de apostas esportivas são tratadas como vítimas das ações. Assim, mesmo com a condendação dos atletas envolvidos, não há previsão de que os clubes sejam punidos criminalmente ou desportivamente.

Em outras conversas que também fazem parte da investigação, Bruno López, apontado como chefe da máfia das apostas, pede a Marlon ajuda para cooptar jogadores para apostas ilegais no Brasileirão, em abril passado. “Bora atrás dos menor (sic) pro fds. Brasileirão”, escreveu López. Marlon vive no Rio e foi alvo de mandados de busca na fase atual da investigação.

A ação é um desdobramento das Operações Penalidade Máxima I e II, deflagradas em fevereiro e abril de 2023. As duas fases anteriores resultaram, até o momento, no oferecimento de três denúncias, já recebidas pelo Judiciário. Trinta duas pessoas foram acusadas de integrar organização criminosa e praticar corrupção em âmbito desportivo.

RAPGOL Magazine: Sua Fonte Definitiva para informação

Mantenha-se à frente do jogo  RAPGOL Magazine, mantendo você atualizado sobre Rap & LifeStyle do Futebol. Siga-nos no Twitter e Instagram para se manter conectado e não perder uma novidade.

FOTO PERFIL CRIAA RAPGOLMAG e1686384847359

Criaa da Zona Oeste do RJ.
Comunicador, fotógrafo, colecionador de camisas de times e camisa 8 no time da pelada.
Trabalhando com notícias e informações desde 2002.

Caso voce tenha perdido

Rapgol Magazine - 2024, todos os direitos reservados por R4PRESS AN