Logo_novo_rapgol_site
Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

E falam por aí que Curitiba não tem rap… parte 2

Título com Cor Branca

Contribua com o jornalismo independente

Botão com Dimensões

Curitiba sempre foi a cidade das batidas de ouro e com isso também surgiu muita gente talentosa rimando que foram fundamentais para surgir um movimento novo na cidade e com isso, em pleno 2024 temos rap de todos os estilos, para todos os gostos, saindo do forno praticamente todo dia.

Nomes como Eibe Lapaz, Cadelis, Nel Sentimentum, Savave, Rel Firma Zika, Bangstars, Voz Ativa, Sossa, Rodrigo Zin, Chefe Tf, Minel, MenteKpta, Luis Cilho, Shady Rottweiler, Nairobi, Thestrow, Sujeito Sujo, Hurakan, Cabes, Karol Conka, Dow Raíz, São Nunca, Karol de Souza, Bface, entre outros mil artistas que a cidade já apresentou em determinado momento do século XXI ou até mesmo antes disso.

Ser apreciador de um bom rap é minha especialidade e hoje trago mais alguns nomes novos que tem chamado minha atenção. Vale lembrar que essa outra lista, assim como a primeira, não é baseada em números, acessos e seguidores. Ela foi escolhida a dedo porque o som dessa pessoa chamou atenção de alguma forma e merece um destaque especial aqui no site e pro público em geral, vamos lá.

CASSOL

Assim como Pecaos, hoje o Cassol é artista da Bagua Records e também é um mano com um destaque grande e um potencial absurdo devido as suas linhas e vivências, depositado em cada track.

Com dois discos na pista intitulado “Sem Querer” e “Formiga“, o rapper tem um EP e vários singles lançados, você pode mergulhar na discografia do artista e se encantar com tamanha evolução.

Destaque para a faixa “Escaravelho“, minha preferida.

KATRINA

Katrina além de ser uma das responsáveis pela curadoria da festa “Trama“, é artista nata desde muito cedo. Dona de uma voz unica e flows melodicos, a rapper flerta com funk, drill e R&B, se tornando uma grande expoente na cidade de Curitiba.

A MC já participou de música que teve parceria com o DJ Cia, chamada “No Watch“. Mas é em “Furacão” que eu pirei, ali ela mostra seu talento do começo ao fim, confira abaixo.

BRASILEIRO

Anos atrás me recordo do MC Brasileiro na Batalha Do Muma bem novinho, já arriscando algumas batalhas e com um olhar bastante observador, na dele.

Em 2024 o MC já conquistou seu espaço na cena curitibana, com um EP na pista intitulado “Janela Da Alma” e alguns singles, o artista se consolida cada vez mais como um dos melhores poetas da cidade.

Destaque para a faixa “Sensibilidade & Maresia“, ouça acima.

EDD041

EDD integrante do duo PP041 é mais um nome na nossa lista, com um álbum prontinho pra ser lançado no dia 07/03, o MC rima no estilo old school com rimas bem atuais.

Muito Boompap, letras temáticas ou referencias, a gente vê no trabalho do EDD, que possui uma métrica bem interessante.

Minha recomendação é ouvir “Mic Drop” se você gosta de boas rimas e baragodocios, agora se curte ficar com os seus amigos na sua quebrada, resenhando e tomando aquela gelada, “Made In Boqueirão” é um prato cheio para você.

KAMI CRUZ

Kami Cruz tem um disco chamado “Arte Pra Rua” e tem uma mistura de samba, R&B e claro, muito rap.

Kami reuniu em 7 faixas suas vivencias, frustrações, relações e também amor.

Destaque para a faixa “Me Diz” que tem ninguém mais e ninguém menos que o rapper Xis como participação especial, Xis é considerado um dos maiores rappers de todos os tempos.

Essa foi a parte 2 da nossa segunda lista de artistas de Curitiba que merecem uma atenção, não sei se vai rolar a terceira, mas, caso role… Pra você que artista dessa nova geração faltou nas duas listas?

Joaozinho de Bombs 1 e1704924477629

Jornalista, fotógrafo, amante do rap nacional e fã nato do Baianinho de Mauá.

Caso voce tenha perdido

Rapgol Magazine - 2024, todos os direitos reservados por R4PRESS AN